Como escolher o nome do seu escritório? Confira em 4 passos!

Uma das principais dúvidas de quem quer empreender é saber como escolher nome de escritório. Criar um nome que seja interessante e único não é uma tarefa fácil — pelo contrário, ela exige criatividade, trabalho e muita pesquisa! Nesse sentido, é preciso ficar atento aos detalhes, como a facilidade de escrever, pronunciar e memorizar.

Além do mais, um nome forte e que imprima personalidade é importante para o seu negócio se destacar no mercado. Ele deve ter ligação com o serviço e, quanto mais fácil de ser encontrado no ambiente virtual, mais as pessoas poderão localizá-lo.

Pensando nisso, preparamos este miniguia para você aprender a escolher o melhor nome para o seu escritório de Arquitetura e Design de Interiores. Confira!

Nome fantasia ou nome próprio

Você já deve ter se questionado se o seu escritório deve ter um nome fantasia ou se é possível usar seu próprio nome, certo? Essa é uma dúvida muito comum entre quem está iniciando a carreira do empreendedorismo.

Muitos profissionais optam por usar o próprio nome no escritório — e não há nada de errado nessa escolha. Se você estiver formando uma parceria, é possível combinar dois ou mais sobrenomes para criar um resultado mais atrativo e coerente.

Entretanto, é fundamental ressaltar que, ao optar pelo seu nome, ele torna-se uma marca. Nesses casos, é imprescindível ter alguns cuidados extras! Assim, fique atento, principalmente, às suas postagens e opiniões nas redes sociais e nas parcerias estabelecidas com outros profissionais e empresas.

Pequenos deslizes podem arruinar a sua carreira. Todavia, uma marca bem construída pode realmente ajudá-lo a se sobressair da forte concorrência. Por isso, sempre associe seu nome a serviços de excelência, bom atendimento e ótimos projetos.

Outra opção é criar um acrônimo. Porém, é importante pensar que, às vezes, os nomes reais chamam mais a atenção dos clientes e são mais notáveis do que uma sequência de letras, certo?

Passo a passo para escolher nome de escritório

Se você preferir criar um nome fantasia que seja exclusivo e represente a sua visão, siga o nosso roteiro a seguir!

1. Use o Golden Circle

O conceito de Golden Circle foi criado pelo especialista em liderança Simon Sinek. Ele tem o objetivo de criar e desenvolver um novo negócio ou uma nova ideia — e pode ser muito bem aplicado para essa situação! 

A metodologia é simples e causa um grande resultado positivo, pois foi desenvolvida para estruturar um novo método de agir, pensar e comunicar, com o intuito de criar um impacto favorável ao empreendimento no mercado.

O círculo é composto pelas seguintes questões, de dentro para fora:

  1. Por quê?
  2. Como?
  3. O quê?

De dentro para fora, o primeiro campo define os motivos pelos quais você quer começar um novo negócio e quais são os seus propósitos. Qual a sua motivação para ser arquiteto? Por que você deseja investir na área? Você acredita em alguma causa? Por que você está no caminho certo?

O segundo campo diz respeito a como você faz. Ou seja, é preciso pensar nas ações práticas e concretas que você colocará em prática para alcançar os seus objetivos. Desse modo, avalie a forma como você executa ou pretende executar os seus projetos.

Ainda nesse momento, inclua os seus valores e crenças pessoais. Pense no modo como você exerce o seu trabalho e em como você pode se destacar no mercado. Analise os diferenciais que pretende criar com a sua marca.

Por fim, temos o que você efetivamente pretende fazer ou vender. Todas as empresas devem saber o que fazem, portanto, essa é uma etapa simples de ser analisada. Ao criar o nome do seu escritório, é preciso estar atento a estes três elementos:

  • posicionamento;
  • diferencial;
  • público-alvo.

Vamos detalhar e entender melhor cada um desses princípios nos demais passos. Acompanhe!

2. Pense no posicionamento da marca

Comece se questionando: o que você deseja que as pessoas sintam ao ouvir o nome do seu escritório? Como fazer para ele ficar gravado na memória dos indivíduos?

Entretanto, lembre-se de que nomes extremamente simples ou sem nenhum sentido não revelam qualquer posicionamento ou personalidade. Pelo contrário, o nome escolhido deve mostrar rapidamente o foco de atuação e transmitir algum valor para o trabalho.

Ou seja, uma marca singular e notável é fundamental para fortalecer o seu nome no mercado, aprimorar a visão que o público tem sobre o seu empreendimento e fidelizar os clientes.

3. Avalie o diferencial do nome

Nesse passo, você pode pesquisar os nomes dos escritórios de Arquitetura da sua cidade para evitar escolher um nome que já exista. Além disso, é importante que a sua escolha reflita o seu diferencial. O que o seu escritório fará melhor que os outros?

Pode ser a técnica e a qualidade do serviço, o cumprimento do prazo de entrega, o bom atendimento, os softwares modernos, a apresentação diferenciada, o nível de profissionalismo etc. O essencial é que o cliente entenda os motivos pelos quais ele deve procurar o seu trabalho, e não o dos outros.

É importante que um arquiteto seja criativo, por isso, um nome distinto e inovador torna o seu projeto conhecido pelos clientes que procuram as atividades que você oferece.

4. Alcance o seu público-alvo

O último passo consiste em estudar e entender as necessidades e o estilo do seu público-alvo. Quem você quer atingir? Qual será o foco dos seus projetos arquitetônicos? Qual é o perfil das pessoas que buscam pelo paisagismo ou outras áreas na sua cidade?

Uma boa estratégia é criar uma persona, ou seja, alguém que represente o seu cliente ideal. Nesse sentido, estabelecer um perfil psicológico bem descrito pode ser muito útil.

Por exemplo: imagine que a Patrícia, sua persona, é advogada, casada, tem um filho e adora viajar. Ela gosta de novidades e preocupa-se com a sustentabilidade. Seu estilo é mais moderno e inovador. Qual nome de escritório você imagina que despertaria o interesse da Patrícia?

Por fim, para finalizar e aprender de vez como escolher nome de escritório, pesquise por nomes criativos no mercado — nacional e internacional. Avalie a qualidade que cada nome tem e como ele se destaca dos demais. Analise, por exemplo, o tamanho, a sonoridade e a conexão com a área. Depois, inspire-se e crie o melhor!

Se você gostou deste conteúdo, não deixe de complementar a leitura e entenda os motivos pelos quais você não consegue captar clientes para o seu escritório! Até a próxima!

Sobre o Autor

Gostou deste conteúdo? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Google+
Twitter
LinkedIn

Comentários