Como fazer networking no mercado de Arquitetura? Confira nossas 5 dicas

Ter bons contatos é essencial para crescer em qualquer mercado — e não poderia ser diferente para o Arquitetura e Design de Interiores. . Como defende a teoria chamada “the small world problem” estamos a seis pessoas de distância de qualquer outra no mundo. Mas será que você realmente sabe como fazer networking?

Alguns profissionais acreditam que a prática se resume a fazer publicações em redes sociais ou a trocar cartões em eventos. Na verdade, uma boa rede de networking vai além disso. É necessário se tornar influente e trocar conhecimento com as pessoas ao seu redor.

Leia este conteúdo e entenda mais sobre o assunto.

Qual é a importância do networking?

O networking é fundamental para crescer profissionalmente, conseguir novos projetos e ter um papel de relevância no mercado. Quem tem uma boa rede de contatos tem facilidade para superar momentos de crise, encontrar oportunidades para conquistar novos clientes e construir uma carreira promissora.  Lembra dessa frese? “Você é a média das cinco pessoas com quem mais convive”, do grande empreendedor e palestrante Jim Rohn.

De nada adianta, por exemplo, você ter ideias inovadoras para um projeto executivo se não há ninguém por perto para executá-las ou até mesmo tirar dúvidas. Semelhantemente, é essencial ter uma equipe preparada para superar os desafios em seu escritório.

Em todas essas situações, relacionar-se bem já não é mais um diferencial para se destacar, mas um ponto inicial de uma jornada em que há troca de conhecimento e qualidade no atendimento ao cliente.

Quais são as 5 melhores dicas para fazer networking?

Agora, chegou o momento de você aprender como é simples melhorar a sua rede de contatos.

1. Seja útil

Todo relacionamento é baseado em trocas. Quem tenta apenas se aproveitar dos outros, em muitos casos, não se mostra uma pessoa verdadeira e não agregava valor nenhum. Portanto, você deve ser útil para a sua rede de contatos. E isso é mais simples do que você imagina.

Enviar um e-mail com dicas de conteúdos ou marcar um amigo em uma boa publicação no LinkedIn são ótimas práticas nessas horas. Essas ações mostram que você compartilha conhecimento, te faz ser lembrado e mantêm contato. Apenas não exagere nas marcações e não envie e-mails todos os dias, ok?

2. Marque presenças nas redes sociais

Se você ainda acha que as redes sociais só servem para postar fotos de festas ou de pets, é melhor mudar logo de ideia. O mundo online é vasto, em que inúmeros assuntos e valores são discutidos a qualquer hora e lugar.

O LinkedIn, por exemplo, tem 562 milhões de usuários. Nesta rede social, os profissionais compartilham insights, erros e experiências que podem te ajudar a melhorar a sua performance. Além disso, é possível acompanhar as tendências do seu nicho ao seguir as pessoas corretas.

Além de encontrar uma grande quantidade de profissionais dispostos a trocar experiências, uma vantagem das redes sociais é o custo, você não precisa fazer nenhum investimento financeiro para se relacionar com as pessoas certas. Preocupe-se em investir seu tempo com dedicação e criatividade.

Outras redes sociais, como o Twitter, Instagram e Facebook, até têm um tom menos profissional, mas isso não quer dizer que você não deve estar presente. Lembre-se de que um simples stories ou postagem pode ser o começo de uma parceria para um projeto ou para conquistar um novo cliente.

Será que todos seus seguidores sabem que você é Arquiteto ou Designer de Interiores? Pois, bem, eles precisam saber! É importante que você seja lembrado como referência nesse segmento, principalmente para pessoas que já te conhecem.

Portanto, esteja presente nas redes sociais mais relevantes para a sua rede de contatos e crie postagens adequadas para cada uma delas, pois quem não é visto não é lembrado, ok?

3. Aproxime-se de pessoas com o mesmo interesse

Por falar em redes sociais, você precisa ter um cuidado: quantidade não é sinônimo de qualidade. No começo, quando a sua audiência é pequena, é normal querer adicionar todos e todas que aparecem em sua frente. Entretanto, essa não é uma boa prática.

Ter milhares de seguidores que não interagem com as suas postagens com comentários ou curtidas é um sinal de que o seu público não gosta do seu conteúdo. Mas isso não quer dizer que você está criando conteúdo ruim, e sim que está divulgando para as pessoas erradas.

Dessa forma, você precisa se aproximar de profissionais que têm os mesmos interesses que você. Foque naqueles que atuam no mercado de interiores, que conhecem e acompanham o seu nicho. O mesmo é válido para o seu networking offline também.

4. Não fale mal dos seus concorrentes

Criticar a concorrência é uma péssima maneira de fazer networking. Na verdade, falar mal de qualquer pessoa é algo que deve ser evitado. Quem adota essa postura passa uma imagem ruim para a rede de contatos, por isso, não a faça. Tenha em mente que o concorrente de hoje pode ser um parceiro no futuro.

5. Participe de eventos

Pode parecer óbvio, mas os eventos ainda são os melhores lugares para conhecer profissionais, ficar por dentro das tendências tecnológicas e mostrar-se para o mercado de arquitetura. Existem diversas opções: congressos online, meetups e até mesmo fóruns de discussão que reúnem profissionais com os mesmos interesses.

É importante sair de sua zona de conforto e dar o primeiro passo para conhecer pessoas novas. Puxe assunto, por exemplo, com três profissionais diferentes e veja o que eles fazem ou quais são os seus desafios. Esse interesse deve ser sincero e pode render bons frutos no futuro.

Outra boa dica é chegar antes do início do evento para conversar com outros participantes e, sempre que possível, ajudá-los de alguma forma. Está se perguntando quais são os melhores eventos para o mercado arquitetônico? Basta ler o próximo tópico entender melhor sobre o assunto!

Como o Archathon podem ajudar a fazer networking?

O Archathon é o maior workshop de Arquitetura e Design de Interiores das Américas. Mais de 80 marcas já apoiaram o evento e mais de 10 mil profissionais já se inscreveram.

Esta é uma oportunidade para aumentar seu networking, ter visibilidade e conhecer as tendências. Jovens profissionais podem mostrar o seu diferencial e se comunicar com quem faz e acontece no mercado.

Para participar, você deve criar um grupo e enviar o seu portfólio. Os melhores são selecionados para desenvolver um projeto de interiores em menos de 24 horas em uma etapa presencial.

O vencedor recebe um prêmio exclusivo, mas a participação, em si, já é um grande passo para melhorar as oportunidades de crescimento e aprimorar conhecimentos. Portanto, fique atento para participar das próximas edições do Archathon (@archathonbrasil).

Com a leitura deste conteúdo, você entendeu como fazer networking com 5 dicas práticas. O segredo do sucesso está nas pessoas ao seu redor, portanto, cerque-se de bons profissionais e faça a sua carreira decolar.

Então, entre em contato com o Archathon e prepare-se para se conectar com grandes nomes da arquitetura e construir a sua própria identidade!

Sobre este autor

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Já ajudamos mais de 700 escritórios a crescer e queremos compartilhar ideias e práticas bem-sucedidas.

Cadastre-se e receba conteúdo e novidades para o seu desenvolvimento profissional e pessoal.


Não tenho interesse, obrigado