Conheça 5 indicadores de desempenho para empresas de arquitetura

Toda e qualquer organização, inclusive aquelas no ramo de arquitetura e design, tem o desejo de alcançar grandes resultados, tanto no quesito financeiro quanto no de destaque no mercado ao qual ela está inserida. Uma forma bastante eficaz de atingir esses resultados é utilizar indicadores de desempenho.

No entanto, um erro muito comum que muitos escritórios de arquitetura cometem é não saber como medir esses indicadores ou utilizá-los de forma bastante inconsistente. Isso quer dizer que, por mais que a empresa invista em capital humano ou em recursos financeiros, ela não conseguirá entender em que ponto exatamente está errando e acertando, sabendo somente o resultado final.

Neste artigo, vamos listar 5 indicadores de desempenho que podem ser usados por escritórios de arquitetura e explicaremos como utilizá-los de maneira adequada. Vamos lá?

1. Indicadores de Produtividade

Os indicadores de produtividade têm o objetivo de mensurar a quantidade de recursos necessária para que uma empresa produza seu serviço ou produto. No caso dos escritórios de arquitetura, será medida toda a matéria prima para fazer um projeto e executá-lo, como a mão de obra ou algum material que não é incluso no orçamento do cliente.

O objetivo desse indicador é fazer uma avaliação a respeito do rendimento da empresa e verificar se os custos de recursos são maiores do que os rendimentos.

2. Indicadores de Lucratividade

O indicador de lucratividade analisa a rentabilidade da empresa, sendo bastante importante para fator de comparação com organizações concorrentes.

Ele é feito por meio da divisão do lucro líquido de um período definido da empresa pela receita total desse mesmo período. Depois, é só multiplicar por 100.

3. Indicadores de Qualidade

Esses índices auxiliam na descoberta de alguma falha ou desvio que possa ter ocorrido durante um determinado período produtivo. Um exemplo para arquitetos pode ser a reclamação sobre um determinado serviço, como um parecer técnico errado ou uma consultoria de arquitetura mal-feita, devendo ser comparado com o índice de elogio e aceitação referentes a esse mesmo tipo de serviço.

4. Indicadores de Capacidade

Esses indicadores medem a capacidade que um processo tem de resposta. Um exemplo, no caso de escritórios de arquitetura, é a quantidade de materiais para a construção de um projeto que cabe no meio de transporte escolhido (caminhão, carreta etc.) e quantas viagens são necessárias para completar esse processo.

5. Indicadores de Estratégia

São esses indicadores que ajudam a empresa a descobrir se está no caminho certo para o atingimento de seus objetivos, que foram estabelecidos previamente. Eles avaliam e fornecem um gráfico de comparação com a performance atual da organização em relação ao que ela tinha traçado para estar naquele período, além de auxiliar no que fazer para que esse cenário fique em conformidade.

Como você pôde ver, os indicadores de desempenho ajudam a fazer um melhor controle da estratégia que foi implementada, melhoram a tomada de decisões e servem como base para a implementação de programas de melhoria da empresa.

E então, gostou do artigo? Aproveite a visita e saiba agora, as vantagens do fluxo de trabalho completo e organizado no escritório de arquitetura!

Sobre este autor

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Nos siga no Instagram

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram access token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.

Click here to troubleshoot

 

como fechar um projeto